(Opinião) DATACIDAD vs IBOPE: Qual das pesquisas registradas está indicando a verdadeira intenção do eleitorado ipuense?



Mais uma vez o despertar da aurora ipuense teve o seu silêncio quebrado ao som de fogos de artifício. Mais uma pesquisa registrada foi divulgada no Jornal Diário do Nordeste, página 13, Coluna Política desta sexta-feira (09). Prints circularam logo na madrugada pelas redes sociais. Tiragens do DN foram distribuídas aos munícipes.

Dados técnicos da pesquisa realizada pelo Ibope em Ipu-CE
Período de campo: A pesquisa foi realizada nos dias 02 a 05 de setembro de 2016. Tamanho da amostra: foram entrevistados 301 votantes. Margem de erro: A margem de erro máxima estimada é de 6 (seis) pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrado para a amostra. Nível de confiança: o nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro. Solicitantes: Pesquisa contratada por SISTEMA LIBERDADE DE COMUNICAÇÃO LTDA - ME. Registro Eleitoral: Registrada no Tribunal Regional Eleitoral sob o protocolo Nº CE-00954/2016.

Dados técnicos da pesquisa realizada pelo Datacidad em Ipu-CE
Período de campo: A pesquisa foi realizada nos dias 04 e 05 de setembro de 2016. Tamanho da amostra: foram entrevistados 270 votantes. Margem de erro: A margem de erro máxima estimada é de 6 (seis) pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrado para a amostra. Nível de confiança: o nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro. Solicitantes: Pesquisa contratada por Antônio Mesquita Neto. Registro Eleitoral: Registrada no Tribunal Regional Eleitoral sob o protocolo Nº CE-05419/2016.

Análise com base nas pesquisas registradas publicadas no jornal impresso Diário do Nordeste.

Segundo alguns estatísticos e matemáticos as pesquisas políticas eleitorais deve ter um nível de confiança de 95% e uma margem de erro de ± 2,5%, isso quer dizer que, o candidato tem 95% de chances de estar dentro dessa margem de erro, em seus limites acima ou abaixo.

Ambas as pequisas possuem nível de confiança de 95%, logo enquadram-se dentro do padrão aceitável em relação aos números apresentados. Contudo, as duas pesquisas registradas possuem margem de erro de 6 (seis) pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrado para a amostra, o que não atesta, em tese, precisão confiável em relação aos resultados obtidos, sob o ponto de vista estatístico.

A pesquisa do Ibope trouxe o seguinte resultado ao cargo de Prefeito: Candidato Sérgio Rufino (PCdoB) aparece em primeiro lugar com 48% das intenções de votos; e em segundo, o candidato Diego Carlos (PDT) com 33%, e em terceiro o candidato Balacó (PSB) com 1%, brancos e nulos, 6%; e Indecisos ou não responderam, 13%.

Já a do Datacidad apresentou o seguinte resultado: O candidato Diego Carlos (PDT) ganha com 47,19%; em segundo, o candidato a reeleição Sérgio Rufino (PC do B) com 43,45%; e em terceiro, o candidato Balacó Farias (PSB) com 1,87%. Indecisos: 3,75%; Branco/Nulo: 0,37%; Não sabe/Não respondeu: 3,37%.

Desta feita pode-se presumir, em tese, pelos indicadores do Ibope, que a eleição de Ipu está praticamente definida tendo em vista que a diferença do primeiro para o segundo é de 15% e tal diferença dificilmente seria superada a esta altura de campanha. Todavia, o Datacidad mostra uma leitura diferente, a diferença do primeiro para o segundo, é de apenas 3,74%, ou seja, que o quadro majoritário não está definido e que até o dia 02 de outubro poderá haver surpresas no resultado das urnas. 

A conclusão que chegamos é que não dá para confiar em dados estatísticos, independente do instituto realizador, pois refletem o momento e há muitos jogos de interesse envolvidos nos bastidores, e em política entendemos que os fatores emocionais dos eleitores alteram-se significativamente de modo que os indicadores ora apresentados em ambas as pesquisas já seriam alterados caso uma nova pesquisa fosse passada em Ipu neste momento. O correto é que o pleito de 2016 não tem resultado final definido. Cada candidato precisa e muito trabalhar para legitimar seu nome como o próximo gestor!
Compartilhar

Sobre Rárisson Ramon

Rárisson Ramon, de Ipu - CE de nascimento e criação, é acadêmico de direito, faz participações em rádio e é blogueiro.