Ipuense Olívio Martins lança desafio ao Padre Raimundo Nonato

Olívio Martins, Padre Raimundo Nonato e Rárisson Ramon


O leitor pode está se perguntando: "quem é Olívio Martins?"

Olívio Martins é pertencente a tradicional família Martins, foi o primeiro dos nove filhos do casal Abdias Martins de Souza Torres e Maria Natividade Martins (Nati). Professor, com Licenciatura Plena em Letras e especialização em Literatura Alemã e Didática, na Alemanha, e Técnico do Banco do Nordeste do Brasil. Atualmente está aposentado.

Na ocasião dos festejos do padroeiro São Sebastião em Ipu, Olívio teve uma conversa com o Padre Raimundo Nonato onde lançou ao mesmo o desafio de transformar a Paróquia de São Sebastião em Diocese.

Diocese é uma unidade territorial administrada por um bispo. É também referida como um bispado, área episcopal ou sede episcopal (como na Igreja Metodista). A diocese é a unidade geográfica mais importante da organização territorial da Igreja (Wikipedia, 2015).

Olívio Martins explicou todas as condições favoráveis nesse processo, onde o fator geográfico e a distância em relação a Diocese de Sobral, ao qual a Paróquia de Ipu é vinculada, dariam ensejos na fundamentação do intento.

Além do mais há autoridades eclesiásticas que poderiam contribuir no processo, onde Olívio Martins citou: D. Jacinto Furtado de Brito Sobrinho, Arcebispo de Teresina, que estudou no Seminário Franciscano de Ipuarana, em Lagoa Seca (PB), ao qual estudaram também 50 ipuenses, entre eles o ex-prefeito Simão Martins, que inclusive foi colega de turma de D. Jacinto. Dom José Häring - OFM - Bispo de Limoeiro do Norte e o Cardeal Dom Cláudio Hummes - OFM - que foi Arcebispo de Fortaleza e de São Paulo, e, hoje, trabalha no Vaticano, em Roma, ao lado do Papa Francisco.

Com relação a sigla OFM, esta significa Ordo Fratrum Minorum, que quer dizer Ordem dos Frades Menores, fundada por São Francisco

Percebam que as autoridades elencadas por Olívio estudaram em seminário Franciscano, onde 50 ipuenses estudaram, logo há uma forte rede de contatos no que tange a viabilização de transformar a citada paróquia em Diocese. Ainda podemos destacar a influência e o prestígio do Padre Nonato nesse processo todo que deve conhecer os caminhos e as ações necessárias a essa transformação.

O que Ipu ganharia com isso?

Bem, a princípio, Ipu passaria a ser uma destacada cidade perante o Vaticano. Receberia toda uma cadeia de infraestrutura quanto ao desenvolvimento de Seminário, sem falar nas possíveis melhorias nos aspectos políticos, sociais e econômicos do município.

A ideia é louvável! Ipu merece ser grande! Entretanto, é preciso muito trabalho na concretização desse desejo. Sem uma ampla mobilização nada poderá ser feito. A questão é: Padre Nonato aceitou ou aceitará encarar esse desafio? Com a palavra o nosso Vigário Geral Padre Raimundo Nonato!



Compartilhar

Sobre Rárisson Ramon

Rárisson Ramon, de Ipu - CE de nascimento e criação, é acadêmico de direito, faz participações em rádio e é blogueiro.