(Opinião) Vereador Adriano Melo é o destaque da vez: irá ou não irá aderir ao grupo do Prefeito Sérgio Rufino?


Em sua primeira disputa eleitoral no pleito de 2012, o ipuense, neófito candidato a vereador, Adriano Melo (PV) foi o segundo mais votado com 1.402 votos. Ao assumir o cargo no legislativo, Melo teve uma linha de trabalho diferenciada. Muito atuante e atento as nuances da gestão municipal, Adriano passou a ser destaque entre os vereadores ipuenses. Com um discurso técnico, centrado e objetivo, Melo conseguiu incutir um novo pensar dentro do âmbito legislativo.

Na eleição de 2014, Adriano Melo, juntamente com a sua equipe de trabalho, conseguiram uma expressiva votação ao novel candidato a deputado federal Moses Rodrigues, este, a época, filiado ao PPS, obtendo 1.966 votos.

No ano de 2016, Adriano Melo concorreu a reeleição. Neste pleito recebeu 1.014 votos. Foi o sétimo mais votado. Apesar da redução de 388 votos em relação a sua primeira candidatura, o edil continua com o seu nome em evidência na mídia local.

A mídia situacionista está a preparar um ambiente favorável a uma eventual cooptação do ilustre vereador através de matérias eufemísticas. Naturalmente que ter um edil, agora mais experiente, acadêmico de Direito e profundo conhecedor dos transmites legais administrativos junto a Justiça Comum e ao Tribunal de Contas dos Municípios na condição de aliado, é o desejo sublime de qualquer gestor que não queira um opositor ferrenho em seu encalço.

Se o independente vereador Adriano Melo irá abraçar o projeto liberdade, isso ainda não sabemos. Contudo, as decisões futuras que o edil venha a tomar, certamente, sopesará a favor do bem comum aos ipuenses!

Compartilhar

Sobre Rárisson Ramon

Rárisson Ramon, de Ipu - CE de nascimento e criação, é acadêmico de direito, faz participações em rádio e é blogueiro.