(Plantão Jurídico) TJCE recebe grupo de alunos da Faculdade Luciano Feijão


Equipe de 58 estudantes do curso de Direito da Faculdade Luciano Feijão, localizada em Sobral (a 250 km de Fortaleza), tiveram a oportunidade de conhecer o funcionamento de setores do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE). Na tarde desta quinta-feira (06/04), eles assistiram à sessão do Órgão Especial, formado por 19 desembargadores.

Pela manhã, o grupo ficou sabendo um pouco da parte histórica do Judiciário estadual, por meio da visita ao Memorial e das explicações do servidor e historiador João Franklin. O local preserva documentos, móveis, fotos e objetos de valor simbólico, como o anteprojeto do Código Civil brasileiro elaborado pelo jurista cearense Clóvis Beviláqua em 1900 e aprovado em 1916.

Os universitários também conheceram a Biblioteca e o espaço das sessões de julgamento do Tribunal Pleno (43 desembargadores), mesmo do Órgão Especial. Também ficaram sabendo sobre a estrutura e as unidades da Justiça na Capital e no Interior, por meio de vídeo institucional.

Participaram de pesquisa sobre a visita e de sorteio de publicações, como a “Coleção Direito Vivo – Sentenças (Volumes I e II), da Editora do Tribunal, o livro sobre os 140 anos do TJCE e o Código de Divisão e Organização Judiciária do Estado.

Uma das obras também foi entregue para compor o acervo da biblioteca da Faculdade Luciano Feijão. Todos os alunos, acompanhados da professora Ysmênia Pontes, receberam declaração de participação.

O estudante Abdias Ferreira Neto, do 5º semestre, disse que o momento é mais uma oportunidade de aprendizado prático, por meio do relacionamento entre Faculdade e Judiciário, que mantêm parcerias na área da mediação e conciliação. “Na sala de aula, a gente visualiza muito a teoria. Com esse projeto, conseguimos vivenciar, unir teoria e pratica. Aprendemos não somente como funciona e como é organizado o Tribunal, mas também a história da Justiça do Ceará. Quem não conhece não tem a ideia de como é grandioso o nosso Judiciário.”

Fernanda Fernandes, do 6º semestre, afirmou que ainda tem dúvidas sobre qual carreira jurídica pretende seguir. No entanto, tem maior identificação com a advocacia. “Aqui existe uma estrutura prática, formal e que funciona. Gostei de ter essa percepção mais real de como a Justiça trabalha”.

Todo o percurso é guiado por profissionais da Assessoria de Cerimonial. Esse intercâmbio com a comunidade estudantil é uma ação do programa “Justiça e Cidadania”, criado pelo Tribunal com a finalidade de esclarecer à sociedade sobre as funções do Judiciário. Além das visitas, magistrados vão às escolas proferir palestras sobre temas de interesse público.

Para participar, os estabelecimentos de ensino (escolas e faculdades) públicos e particulares devem ligar para (85) 3207.7052, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.
______________________________
Fonte: TJCE
Compartilhar

Sobre Rárisson Ramon

Rárisson Ramon, de Ipu - CE de nascimento e criação, é acadêmico de direito, faz participações em rádio e é blogueiro.