(Opinião) Caso seja aprovado o voto "distritão" como votará a oposição de Ipu para deputado estadual?


Com o voto distritão finda o quociente eleitoral e os mais votados são eleitos, ou seja, seria uma eleição majoritária, como para prefeito. Cada estado vira um distrito eleitoral. No caso de vereador, seria o município da sua circunscrição eleitoral. O eleitor votaria em um nome em seu distrito. Os mais votados são eleitos.

A ideia de aprovação do voto distritão tem aberto margem a uma gama de especulações políticas, principalmente nos municípios interioranos cearenses. Nomes improváveis a concorrer a uma cadeira no legislativo começam a ser ventilados pela imprensa político-partidária.

Sabe-se que na cidade de Ipu, oposição e situação utilizam, costumeiramente, como termômetro a votação para a escolha de deputados estaduais e federais, uma espécie de prévia para a sucessão de prefeito.

Todavia, caso o distritão passe no Congresso, seria criado o distrito da Ibiapaba. E quem seriam os prováveis candidatos de interesse a política ipuense? E como votaria oposição e situação?

Na Ibiapaba temos os seguintes deputados estaduais, diretamente ligados a Ipu: Bruno Pedrosa (PP), Sérgio Aguiar (PDT) e Augusta Brito (PC do B). Nas especulações políticas da cidade desponta o nome do Prefeito de Ipu Sérgio Rufino (PC do B).

Vamos as análises!

Sérgio Aguiar

Em nosso pensar, apostamos que Sérgio Aguiar não viria a concorrer na Ibiapaba, embora tenha uma boa representação de votos em nossa região. É provável que surja o Distrito do Litoral Oeste. Quem sabe haja uma fusão da Ibiapaba com o Litoral Oeste, desta feita o ilustre deputado teria uma reeleição mais tranquila.

Bruno Pedrosa

Entendemos que o distritão compromete o projeto de reeleição de Pedrosa. O jovem deputado aglutina votos em vários municípios cearenses. A estratégia do quociente eleitoral facilita a permanência do mesmo na Assembléia. Ultimamente vem adotando um discurso e ações mais voltadas para a Ibiapaba e Ipu.
Agora, na hipótese da criação do distrito da Ibiapaba e com a saída de Sérgio Aguiar da nossa região, é provável que seja o nome a ser trabalhado e votado pela oposição de Ipu, salvo se a oposição de Ipu defender um candidato próprio do grupo, e quem seria? Sávio Pontes ou quem sabe a sua esposa Ariela Kerla.

Sérgio Rufino

No distritão haveria uma boa possibilidade de Sérgio Rufino vir a concorrer  uma cadeira no legislativo pela Ibiapaba. Fala-se que haveria uma dobradinha com o Prefeito Gadyel de São Benedito, este pretenso a lançar-se a deputado federal.
Estaria Sérgio disposto a abrir mão da tranquilidade do paço municipal e encarar o desafio? Pouco provável. Rufino irá mais uma vez votar em Augusta Brito, é o que imaginamos.

Augusta Brito

Seria a que teria melhores condições em um cenário de distritão na Ibiapaba. A mesma adota um discurso pro-Ibiapaba. O seu esposo Gadyel, gestor de São Benedito, tem se articulado muito bem com os prefeitos das cidades ibiapabanas. Caso Gadyel saia para disputar a deputado federal seria inviável custear duas candidaturas, tanto a dele como a da esposa. Embora não duvide que o casal tente essa possibilidade.
Compartilhar

Sobre Rárisson Ramon

Rárisson Ramon, de Ipu - CE de nascimento e criação, é acadêmico de direito, faz participações em rádio e é blogueiro.