Município de Ipu investiu míseros R$235,00 reais em Gestão Ambiental: Como combater as queimadas na Bica de Ipu?

Incêndio na Bica de Ipu em 12/08/20015
A vegetação do entono da Área de Proteção Ambiental da Bica de Ipu tem sido vítima de constantes incêndios ao qual devasta boa parte da sua mata nativa. 

Quem não se recorda do grande incêndio em dezembro de 2015? Em novembro de 2017 as matas da Bica de Ipu voltaram a ser alvo de incêndios! A água da "Bica mais linda do mundo" deixou de ser perene por conta dos prováveis represamentos ao longo do Riacho Ipuçaba.

Interessante que as ações voltadas à defesa do meio ambiente e as políticas públicas de prevenção ambiental não são observadas no município de Ipu. A atual gestão municipal tem conhecimento de todos esses problemas ambientais e nada faz para evitá-los, e se o faz, os resultados são ineficientes.

O desinteresse do executivo é notório conforme atesta o Relatório de Acompanhamento Gerencial do TCE, onde o município investiu em oito meses a bagatela de míseros R$ 235,00 (duzentos e trinta e cinco reais) em gestão ambiental!


O que é Gestão Ambiental?

Gestão ambiental é o campo de estudo da administração do exercício de atividades econômicas e sociais de forma a utilizar de maneira racional os recursos naturais, visando à sustentabilidade. 

Fazem parte do arcabouço de conhecimentos associados à gestão ambiental técnicas para a recuperação de áreas degradadas, técnicas de reflorestamento, métodos para a exploração sustentável de recursos naturais, de consumo e produção sustentáveis, o planejamento participativo, gestão de stakeholders, e o estudo de riscos e impactos ambientais para a avaliação de novos empreendimentos ou ampliação de atividades produtivas.

Na esfera pública, a prática gestão ambiental é essencial no Brasil, tendo em vista não somente a base constitucional de garantia do meio ambiente equilibrado (Artigo 225 da Constituição Federal de 1988), mas também a centralidade do Estado em matéria de gestão ambiental, tendo em vista que os governos são os principais atores em matéria de ambiente, o que lhe confere importante papel mediador junto à sociedade civil e ao setor privado

Os instrumentos de gestão ambiental são ferramentas que visam a auxiliar no processo de planejamento, bem como na operacionalização da gestão ambiental, de modo que esta gestão possa ser integrada de maneira estratégica por todas as suas atividades.

Entende-se como instrumentos de Gestão Ambiental, o licenciamento ambiental, o estudo de impacto ambiental, o geoprocessamento, a educação ambiental, a mediação de conflitos e o planejamento ambiental, e a auditoria ambiental.

_____________________________________
Fonte: Dados extraídos do TCE e do Wikipedia
Compartilhar

Sobre Rárisson Ramon

Rárisson Ramon, de Ipu - CE de nascimento e criação, é acadêmico de direito, faz participações em rádio e é blogueiro.