Rogério Palhano retorna ao rádio ipuense: irá agregar ou desagregar?


O radialista Rogério Palhano na última sexta-feira (08) voltou a radiofonia ipuense. Palhano tem um estilo de comunicação pautado nos questionamentos de documentos oficiais advindos dos tribunais, desta feita consegue ofertar credibilidade e confiança ao que fala. Na defesa de seus pré-candidatos, o radialista adota, no rádio, o lema do "se bater, leva"! 

O principal ponto fraco de Rogério Palhano é o seu lado emocional, sempre a flor da pele, que em certos casos tira o brilho do comunicador e a imprensa contrária a sua pessoa aproveita essa fraqueza para o taxar de "desagregador".

O próprio Palhano nos afirmou que estará comandando toda a campanha do pré-candidato Sérgio Rufino (PC do B). Seja no rádio ou nos palanques, Rogério será a voz do grupo de situação.

Conforme Rogério, os alvos de ataque serão somente aqueles com envolvimento direto com o pré-candidato pelo grupo de oposição Diego Carlos (PDT). Quanto as vedações em criticar as condutas administrativas da Família Carlos, Palhano disse que a única pessoa com envolvimento direto com o pré-candidato Diego Carlos é a sua genitora, a ex-prefeita Toinha Carlos. Esta não seria poupada dos seus questionamentos críticos. 

Em relação ao trio de irmãos empresários: Marcelo Carlos, Maninho e Petrônio, estes serão dispensados dos seus comentários. Por que será?

Por quais motivos o pré-candidato Sérgio Rufino teve que retornar Rogério Palhano ao rádio? Estaria a pré-campanha dos Rufinos em baixa e a vinda de Palhano seria uma tentativa de impulsioná-la? Bem, só o tempo nos dirá!

Compartilhar

Sobre Rárisson Ramon

Rárisson Ramon, de Ipu - CE de nascimento e criação, é acadêmico de direito, faz participações em rádio e é blogueiro.