(Ipu-CE) Bica de Ipu: o ressurgir do "véu de noiva" durou somente um dia

©Rárisson Ramon/Blog Expresso Ipu
As últimas chuvas que banharam o solo da Terra de Iracema possibilitou o aumento de volume do Riacho Ipuçaba. Tal fato contribuiu para o ressurgimento da Bica de Ipu que a muito tempo estava sem o seu encantador desaguar.

Interessante que muitos ipuenses não perderam a oportunidade para logo iniciar e compartilhar nas redes sociais as imagens fotográficas acerca do retorno das águas da Bica de Ipu. A imprensa local foi no embalo e postou matéria sobre o acontecimento.

©Rárisson Ramon/Blog Expresso Ipu
Porém, a alegria foi efêmera! As chuvas que caíram não foram suficientes para proporcionar o escoamento hídrico na Bica de Ipu por mais tempo, quiça meses. O mais famoso cartão postal, que passou a ser selo dos Correios, voltou a estaca zero, ou seja, sem água, brilho  e encantos. Restou somente a tristeza escondida entre algumas poucas matas verdejantes!

Espera-se que em 2017 tenhamos um bom inverno de modo a termos a nossa Bica com um maior volume hídrico e assim ressurja de fato majestosa ao ponto de atrair turistas e a inspirar poetas e demais artistas!
Compartilhar

Sobre Rárisson Ramon

Rárisson Ramon, de Ipu - CE de nascimento e criação, é acadêmico de direito, faz participações em rádio e é blogueiro.